Buscar

Bosque da Memória das Reservas da Biosfera realiza o segundo plantio em 15 de fevereiro de 2021

Atualizado: Fev 26

No dia 15 de fevereiro foi realizado o segundo plantio de mudas de espécies nativas e espécies ameaçadas de extinção na Mata Atlântica no Bosque da Memória das Reservas da Biosfera, situado no Parque Estadual Alberto Löfgren (PEAL),também conhecido como Horto Florestal, na Zona Norte da cidade de São Paulo. Ao todo, foram plantados 20 exemplares de espécies nativas como grumixama, jatobá, jequitibá, palmeira-juçara e pau-brasil.


O plantio dá continuidade às atividades do Bosque, iniciadas em dezembro de 2020 para homenagear as vítimas da COVID 19, em uma ação que reúne o Instituto Florestal (IF) do Estado de São Paulo, a Reserva da Biosfera do Cinturão Verde da Cidade de São Paulo (RBCV) e a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA) nesse esforço conjunto.


O preparo do solo e das mudas foi orientado pelo pesquisador científico do IF Osny Tadeu de Aguiar, bem como a escolha das espécies. O evento contou com a presença de amigos e parceiros do bosque, a destacar Luis Alberto Bucci, diretor geral do IF, Rodrigo Castanho, coordenador da RBCV, Clayton Ferreira Lino, presidente do CN-RBMA, Warwick do Amaral Manfrinato, conselheiro da RBMA, João Lucílio Ruegger de Albuquerque, presidente do Instituto Amigos da RBMA, Leiz da Silva Rosa, secretário executivo Adjunto da RBMA, Ana Lopez, coordenadora de projetos e parcerias da RBMA, Robert Galastri de Lima, coordenador de comunicação da RBMA, Fabrício Batista, familiares dos homenageados e outros convidados para o evento, seguindo todos protocolos de segurança.


Até o momento foram plantadas 52 árvores e foram homenageadas 13 vítimas individuais da Covid-19.


O Plantio também homenageia os profissionais da saúde que estão na linha de frente lutando contra essa pandemia.


Abaixo segue lista dos homenageados individuais:



O próximo plantio nesse Bosque está previsto para o dia 16 de março de 2021.




27 visualizações0 comentário

Compartilhe

©2020 por bosques da memória