Buscar

Bosque da Memória presta homenagem às vítimas da Covid-19 em Ubatuba

A Prefeitura de Ubatuba participou da cerimônia de lançamento da campanha “Bosque da Memória” – Perequê-Açu na tarde da quinta-feira, 27 de maio, Dia da Mata Atlântica. A ação reuniu autoridades públicas, organizações, familiares e amigos para um momento de homenagem e lembrança às pessoas vitimadas pela Covid-19 no município.

Um total de 60 mudas de espécies nativas da Mata Atlântica, produzidas pelo Instituto da Árvore, foram plantadas ao longo da orla da praia do Perequê-Açu até o rio Indaiá – toda a logística contou, ainda, com o apoio da Companhia Municipal de Turismo de Ubatuba –Comtur. A atividade teve início no local onde será inaugurado, em breve, o Museu do Mar, conforme anunciado pelo presidente do Instituto Argonautas, Hugo Gallo, que abriu a cerimônia.

“Pensamos em fazer uma homenagem que pudesse vincular a tristeza com uma perspectiva de futuro. Plantar árvores é sinalizar que vamos arborizar o planeta”, destacou Beto Francine, do setor de Educação Ambiental da secretaria de Meio Ambiente. “Iniciativas como essa são importantes para nos mantermos unidos, mobilizados e entender que precisamos ter força para superar esses momentos”, afirmou o secretário de Meio Ambiente, Sylvio Bohn. “Gostaria, também, de fazer um agradecimento especial ao Instituto da Árvore: Nadir Moraes, professor Rui Grilo, Nalva Barbosa e Márcia Sanches, que fizeram o plantio das mudas e colaboraram com a produção das placas de identificação. É muito importante este reconhecimento pois eles são grandes parceiros”, acrescentou Bohn.

“Neste momento de tristeza, é importante que nos cuidemos também, usar máscara e álcool em gel. Somos porta-vozes para levar informação às pessoas”, destacou o vice-prefeito de Ubatuba, Marcio Maciel, que falou em nome da prefeita Flavia Pascoal (PL), que está em isolamento devido à Covid-19.

Lu Nunes e Amarildo Cesário do Prado agradeceram a homenagem em representação às famílias das vítimas da Covid-19.

“Infelizmente, essa forma de falecimento nos privou de ter aquilo que nós humanos precisamos, que é o ritual de passagem, muito importante pra finalizar o processo no coração. Nós não vimos nossos familiares, vimos um caixão lacrado no cemitério. Esta homenagem, hoje, nos dá o direito de chorar em público e encerrar um ciclo com honra”, enfatizou Lu Nunes, filha do arquiteto e urbanista renomado nacionalmente, Renato Luiz Martins Nunes, que foi vice-presidente do Instituto dos Arquitetos do Brasil (IAB), membro da diretoria do IAB-Ubatuba e primeiro presidente da Fundação de Arte e Cultura de Ubatuba (Fundart), morto pela Covid-19 no final de janeiro.

“A vida está nos colocando desafios neste momento e precisamos ter consciência. Essas mortes têm responsáveis e têm que ser cobradas. Precisamos registrar a memória das quase 500 mil pessoas que partiram”, frisou Amarildo Cesário do Prado, que perdeu os pais, Pedro Cesário do Prado e Izaltina Maria dos Santos, do quilombo da Caçandoca. “Precisamos nos cuidar, olhar um pelo outro, fazer a caminhada de vida e aprender com os momentos de dificuldade. Sinto a dor aqui de todos que perderam seus entes: meu pai faleceu em fevereiro e minha mãe logo em seguida, no início de março. Meu irmão chegou a ter 90% do pulmão tomado mas sobreviveu e está se tratando das sequelas em Taubaté”, finalizou.

“A gente almeja que toda dor se transforme em flores e coisas boas. Que este ato sensibilize para mudar nossa vida e que tenhamos coragem para realmente transformar o mundo para o bem comum e a preservação da natureza”, concluiu Nadir Moraes, presidente do Instituto da Árvore.

Após as falas iniciais, as famílias deram sequência ao plantio das mudas ao longo da orla da praia, que se estendeu até o fim do dia.

Confira a lista de vítimas da Covid-19 homenageadas no dia 27 de maio:

  • Izaltina Maria dos Santos

  • Pedro Cesário do Prado

  • Renato Luiz Martins Nunes

  • Karai Tataxin – Domingos Venite

  • Claudneia Tavares Góis

  • Dr. José Claudio Venâncio Fernandes

  • Isaias Ilário

  • José Brasil Neto

  • Nila Miranda Gonçalves

  • Daniel Colombo

  • Kazuo Matsuoka

  • Tânia Silva

  • Erwin Zaidowicz Júnior

  • Miguel Namura Bueno

  • Bráulio José dos Santos Vilar

  • Nelson José dos Santos

  • Alonso Benedito da Conceição

  • Aldo Picchi

  • Claudinho do táxi (Claudionor Gonzaga de Oliveira)

  • Cleusa Luiza Manara Guarnieri

  • Roseline Marques Do Valle

  • Pedro Lucas Pena Carvalho Ferreira de Moura

  • Pastora Daniele Alves do Amparo Soares

  • Ricardo Sgarbi

  • Denise Janine

  • Pastor Luciano Arcerbino de Camargo

  • Moyses Rodrigo de Oliveira

  • Marcelo Ferreira

  • Maria Cristina Menegazzo

  • Jorge Barbosa

  • Osmar de Souza

  • Álvaro Orlando da Silva

  • Anderson dos Santos

Interessados em homenagear os entes queridos, vítimas do novo coronavírus, por meio de plantios podem entrar em contato com a coordenação do projeto pelo e-mail educacaoambiental.ubatuba@gmail.com ou pelo telefone 3833-2439 – falar com Beto Francine. A campanha deve seguir até julho – prazo que poderá ser prorrogado, visando atingir a meta de 200 mil mudas.



0 visualização0 comentário

Compartilhe