Buscar

Bosques da Memória: Parque da Fonte Grande faz homenagem a vítimas da Covid-19

Atualizado: há um dia



O Parque da Fonte Grande está participando da campanha nacional "Bosques da Memória", que presta uma homenagem às vítimas da Covid-19 e faz um agradecimento especial aos profissionais de saúde que atuam na linha de frente no combate ao coronavírus. Outro objetivo é plantar árvores e recuperar florestas no País.

Na ação, que se estenderá até o fim de janeiro de 2021, são plantadas mudas de Mata Atlântica no bosque "Recanto da Floresta". Além disso, uma placa com nomes de vítimas da doença foi colocada no local.

A campanha é uma promoção conjunta da Rede de ONGs da Mata Atlântica (RMA), da Reserva da Biosfera da Mata Atlântica (RBMA) e do Pacto pela Restauração da Mata Atlântica, abrangendo várias localidades do Brasil. Mais informações sobre a campanha podem ser obtidas no site bosquesdamemoria.com .

A ação Bosques da Memória, além de buscar a transformação desse momento de tristeza e devastação em esperança na Mata Atlântica, marca o início da Década da Restauração de Ecossistemas 2021-2030 declarada pela ONU.


"Essa homenagem é uma forma maravilhosa de mantê-los vivos entre nós. Meus familiares e eu ficamos muito emocionados com essa ação da campanha 'Bosques da Memória'. Este ano foi muito difícil para nossa família com a perda dos meus dois irmãos para a Covid-19. Por isso, peço para que as pessoas se conscientizem e continuem se protegendo e protegendo os seus", disse Jardelina Hígina Wanzeller Künsch, que perdeu os irmãos José Cleanthes Wanzeller e Oliens Wanzeller para a Covid-19.

Acompanhada da filha, das sobrinhas e de um sobrinho, Jardelina realizou o plantio das mudas em homenagem aos seus irmãos na manhã desta última terça-feira (15). Oliens foi homenageado com a espécie frutífera cambuci e José Cleanthes, com a espécie nativa boleira.

29 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Compartilhe

©2020 por bosques da memória